Crítica – O Regresso

O Regresso impressiona pelo seu primor técnico e pelo seu roteiro enxuto e objetivo, praticamente sem gordura ou tempo perdido. Embora seja nítido o esforço de Alejandro Gonzáles Iñárritu em criar um épico perfeito centrado em um homem só, o diretor não atinge este objetivo. Mas as qualidades do longa são tantas e tão evidentes que toda a atenção gerada pela sua estreia é justificada e recompensada de ponta a ponta da projeção.

Ler mais